BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Como encarar seus medos

Desde pequena eu tenho uma fobia inexplicável. Ganho ataques de medo, chiliques nervosos e tremo (literalmente) na base quando vejo um ser horripilantemente aracnídeo: uma aranha. Seja o tamanho, a cor, a forma que for, quaisquer desses seres arrepiantes me causam um medo imediato. Não sei se não me simpatizo por um inconveniente qualquer da minha infância ou se minha vida passada se desfez com uma picada (enfim, eu disse que era inexplicável). O mais cômico de toda essa loucura é que sempre EU encontro esses seres malditos lá em casa. E tem mais! Sempre quando essas criaturas invadem a minha casa é no meu quarto que elas entram (!) ou em qualquer lugar quando eu estou ocasionalmente sozinha. Deve ser praga para que eu encare esse medo gigante de vez. Confesso já ter tentado tal façanha incontáveis vezes que sempre frustraram - a minha tremedeira era mais forte que a minha própria força de vontade. Até tive medo de ter sido dominada por uma esquizofrenia momentânea, uma vez que qualquer ponto preto na parede me dava um susto terrível pelo fato da minha visão distorcer o ponto e transformá-lo na mais temível das armadeiras. Acontece que, de duas semanas para cá, uma aranhazinha minúscula invadiu o teto do meu banheiro, fazendo teias e se achando a dona do lugar. Às vezes me esqueço da tal bichinha e curto meu banho em paz - até olhar para cima e me deparar com a maldita e ganhar imediatamente cinco frios na barriga. Ontem, casualmente, resolvi observá-la. Ela caminhava feito uma barata tonta de um lado para o outro e vez que outra se encolhia. Não contive meu riso e, quando dei por mim, brotou uma leve simpatia pela coitada no meu interior. Juro, me impressionei. Seria o primeiro passo para que eu perdesse o medo? Seria uma rasteira na minha (até então conhecida) identidade? Seja lá o que isso tenha sido, a representação de uma simpatia para com o meu medo maior se tornou mais inexplicável do que ele em si. Lá do fundo do meu eu lírico surgiu uma esperança de domar essa fobia, apagar ela da minha memória (por mais que eu tenha a plena consciência do quão árdua essa tarefa possa ser). Então, o que quero dizer com TUDO isso?
Encare seus anseios, ora bolas. Acalme a sua mente e procure provar a si mesmo que isso é difícil - mas jamais impossível! Sei que não sou a pessoa mais adequada a falar isso, mas juro que estou tentando e dando o máximo de mim. Quem sabe um dia eu até tenha uma aranha de estimação. Numa outra vida, talvez.

15 argumentaram:

Bia disse...

detalhe: texto feito na viagem de ida à faculdade :)

.daia. disse...

noooosssa!
você é tipo eu, qualquer hora e lugar é o momento de escrever hauhauaa

vc está no tdb esse ano neh nega? =D
somos duas

bjosssssssssss

daniella disse...

oiheaoiheoaihea amei seu post. me identifiquei literalmente com o medo que você sente por aranhas.. mas o meu medo é de lagartixas. muito medo mesmo.. elas tbm sempre vem pro meu lado e coisas do tipo! heoiaheaoihea e tbm distorço coisas achando que sao lagartixas, enfim, amei mesmo :D
www.bah-guria.blogspot.com

Bia disse...

sim, daia, estou :D obrigada pelos comentários, gurias! beijos.

Gabriela disse...

Adorei o post, eu também não consigo ver aranhas, não sei bem pq *-*
Parabéns pelo blog ! (:

Jéssica disse...

Aranhas são horripilantes msm! Vi teu blog no TDB da Capricho! Tá lindo, parabéns!

Rodrigo Rott disse...

Meninas e o eterno medo de bichinhos.
Eu só tenho medo de GATOS e nada mais.
E nos dias de hoje, até de GATAS.
hahaha
sacou a jogo de palavras? (H)
ahudosahudohadhsauo

mas enfim. tá fazendo um moonte de amigA nova, neéé bianca? ^.^


te amo.

Nicole disse...

De aranhas eu não tenho medo não... Pego minhas Legítimas e pá!, era uma vez uma aranha. Mas quando o assunto é barata... surto! Impossível matar - entro em pânico até alguém chegar e matar a maldita. Vai saber...

Beijo,nova companheira de TDB ;*

Bia disse...

valeeeu, meninas!
sim, ródi, entendi o trocadilho. aiuheaiauehaeiuhaeea.
fazendo muitas amizades, ainda bem :D
beijos!

Lilah disse...

tenho muito medo de cachoeira, tremo só de me aproximar. vê se pode.

amei o teu espaço aqui.
beijo

Ferd. disse...

Meeu...tbm teenho um meedo orripilanteee de um biixo noojeeento.........BAARAATA!!
Veey..parece q elas me percegueem!!Meeu Deeeus!!!Odeeio elaas...maldiitas baarataas!!!!

Má. disse...

Aranhas não me incomodam ;x
As baratas sim.
Eu não tenho meeeedo, mas elas me perseguem, e o pior de tudo.. quando eu chamo alguém pra matá-las elas somem e eu fico com cara de 'louca que vê baratas fantasmas' ;xx

Parabééns pra geente pelo TDB!!
;@@

Nanda disse...

Eiii!
Adoreei teu bloog!
Todo lindooo!
Vou te add aqui nos meus favoritos pra vir aqui sempree...!=)`Parabens pelo TDB!

Ahnn...adoreei seu batom da foto do perfil! rsrs!

beijoo!

Mah (Mayra Lobão) disse...

Oi! Morro de AFLIÇÃO de aranhas! Ainda bem que é difícil eu ver uma (apesar de eu morar em casa e por lá sempre aparecer bichinhos de qq esécie hehe).
Eu também sou do Tudo de Blog e precisava falar com você... Tem como você me mandar seu e-mail? Tenho uma novidade pra você :) Meu e-mail é mayra@boo-box.com.br

Bjinhos

Joe disse...

Realmente Bia, o único medo de superar qualquer medo é enfrentando, por mais difícil que isto possa parecer no início.

Ah, e parabéns pelo teu blog, continue escrevendo e se dedicando que tu vai longe. bj