BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

trote: diversão garantida?


Não tive um trote universitário e ainda bem que minha universidade não faz essas coisas. Quando terminei o ensino médio, eu e meus colegas fizemos uma bagunça inesquecível: jogamos tinta um no outro, gritamos, pulamos, cantamos, enfim, fizemos nossa festa. A sutil diferença é que para isso não precisamos invadir os anseios de cada um ou interferir no físico-psíquico de alguém (afinal, era só lavar que saía. Tá, tinha que esfregar muito, mas...). O grande problema é que essa forma de comemoração vem ultrapassando todos os limites plausíveis da diversão. Cabelo e sombrancelha cortados, ingestão à força de bebidas alcoólicas, desperdício de comidas e bebidas (foi esse o motivo de termos usado a tinta). Seja lá as formas que os estudantes vêm inventando a cada dia, há algumas delas que nos fazem questionar se tais pessoas estão realmente adentrando a uma universidade ou se estão nostalgicamente voltando aos primários estudantis. É uma lástima ligar a televisão e escutar notícias de trotes violentos, mexendo com pessoas que não têm nada a ver com o momento, sendo motivo de troça e diversão aos olhos dos universitários. O que deveria ser feito (já que insistem na idéia de trotes e afins) é dar um estímulo a esses estudantes a praticarem mais trotes solidários, engraçados, divertindo a vida dos calouros e de quebra ajudando a quem precisa. O problema é que essa realidade, infelizmente, está um pouco distante do nosso alcance, uma vez que a violência se tornou mais comum e até mais fácil de ser cometida que a gentileza em si. O mais chocante é que esses jovens que hoje cometem essas insanidades serão os futuros profissionais do país... E eu só espero que tais indivíduos comecem desde já a pensar nas suas atitudes e buscar o máximo para mudá-las. Caso contrário, seremos nada mais e nada menos que platéia de realidades estapafúrdias e delinquentes como essa bem como de seres humanos em constante regressão. Infelizmente.

3 argumentaram:

Julia disse...

pode crer.. é hooooooooooje o/ yes

- Marília disse...

Oi guria!
Sou obrigada a concordar contigo. Brincadeira de colégio é uma coisa, mas faculdade é totalmente diferente. Eles pegam pesado. E pra quê? Pra mostrar pros calouros quem é que manda? Minhas aulas na faculdade iniciam na próxima semana. Espero escapar com vida do tal do trote, se é que vai ter. Não quero morrer queimada!
Ah, tu escreve muito bem.
=***

Bia disse...

Obrigada, querida, é uma honra ter um comentário teu por aqui!
Boa sorte no teu trote, caso tu tenhas...
:)
Beijo.