BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

domingo, 8 de março de 2009

Busca de um Amor Perfeito

Tarde de uma sexta-feira ensolarada. Marília liga para sua companheira de praia Marina para que as duas fugissem do calor de suas casas e fossem contemplar as mil maravilhas das areias cariocas. Marília confessa à sua amiga: "Eu queria tanto arrumar um namorado... Sinto estar sozinha, preciso de alguém que me complete." Marina, muito compreensiva, promete ajudar a sua amiga a encontrar um cara legal. Chegando à praia, Marília nem quis desfazer suas malas: a busca por um namorado perfeito era muito mais importante que se situar em algum local. Marina achou estranha tal vontade súbita mas, como prometeu ajudar, largou as malas e foi dar uma volta no calçadão com a amiga desesperada. Marília mal caminha, sua preocupação era olhar para todas as direções possíveis em busca de um amor à primeira vista. O grande problema do dia foi que parecia ter sumido todos os homens do mundo: só havia mulheres andando no calçadão, e os homens que apareciam estavam sempre acompanhados. Desanimadas, as duas voltam para casa e resolvem arrumar suas coisas. Marília, após algumas horas, toma um chá de animação e quer porque quer sair - sua intuição estava forte. Marina não quis, pois estava muito cansada e nem um pouco interessada de arrumar algum affair. Marília ficou nesse vai-e-vem para achar algum carinha que preste durante os dois dias que as amigas ficaram na praia. Marina fica chateada por não ter curtido o mar e o sol com sua amiga, mas logo releva. Na metade do caminho de volta para a casa, o carro apaga. Era uma noite de lua cheia, e as duas meninas pararam no meio do nada - não havia carros e nenhuma alma viva por lá. Domadas de medo, as duas veem um carro se aproximando. Marília faz um sinal e o carro supostamente amigo para. Marília se aproxima e, do jeito mais conto de fadas possível, sai do carro um príncipe, um colírio para seus olhos, um amor apaixonantemente à primeira vista. "Aconteceu algo contigo? Algum problema no carro?" disse o bofe dirigindo se a Marília. Ela, gaguejando de emoção, responde: "É, algum problema, acho! Você pode nos ajudar?". "Claro, será um prazer". Marina sente o clima apaixonado no ar e propõe ao casal: "Marília, preciso correr para casa! Será que você pode dar uma carona a ela?". "Claro, será um prazer" [2]. As duas viajam madrugada a dentro e Marina acorda no outro dia com um telefonema superempolgante: "AMIGAAA! ENCONTREI O CARA DA MINHA VIDA!".

Post para o TROTE Tudo de Blog 2009 III
Tema: escrever uma história sobre duas veteranas do Tudo de Blog a partir da foto do perfil do orkut das mesmas.
Perfil das meninas escolhidas: Marina e Marília.

3 argumentaram:

Lud disse...

AIHSIUAS, ficou muito massa bia ((:
criatividade a miil.

Marina disse...

ahh q lindaaaaa! eu q estou precisando encontrar um príncipe, Bia!

mas amei!

BjO! e obrigada por ser compreensiva e entender a nossa brincadeira do trote.

- Marília disse...

HAOHAOHAOIUHAOIAOUIAHIAHOIAH
mooorrri de rir.
haahahahahahahah nananana... as gurias do TDB não dão moleza mesmo hahaha
pobre vítima que fuiiiii
=*************