BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Dia do$ namorado$



Adoro o dia dos namorados. Acho um dia tão romântico, lindo e lá fora aparecem milhões de coraçõezinhos simbolizando que é o dia D. Ok, exagerei. Na real, eu não sou muito a favor desse negócio de data comemorativa. Todo o simbolismo sentimental que a tal data é para proporcionar vai por água abaixo. O que mais vem à mente dos casais enamorados é, nada mais e nada menos do que a palavra PRESENTE. É. Um dia que, na teoria, deveria ser significativo, na prática, é $ignificativo, se é que você me entende. O dia dos namorados é totalmente criado para impulsionar o mercado: marcas criam novos produtos pro tal dia, hotéis lotam na Serra Gaúcha, alinças quase sem correndo das joalherias e até os solteiros frustrados choram em casa e gastam horrores em diversões solitárias por não ter com quem partilhar o dia.

E, infelizmente, não é só com o dia dos namorados que isso acontece. Na páscoa, ovos de chocolate, e só. No dia das mães, "que presente vou dar pra minha mamis?", um cartão de euteamoobrigadaportudo, e só. No natal, presente pra todo mundo, e só. O máximo que fazem é reunir a família pra cantar cantigas para então distribuir os presentes que saem de um saco gigante vermelho. Er, odeio generalizar, pode ser que com você não seja assim. Mas, nesse caso, me permito a tal ato. Porque com a tão afamada maioria é assim mesmo que ocorre.

Voltamos ao dia dos namorados. Conheço muitos que vão se dar presentes, uns beijinhos, e deu. Conheço outros que vão passar um dia romântico em não sei aonde. Outros, vão virar pro lado e dormir. Sei que é totalmente clichê dizer isso, mas o dia de namorar, dia de olhar pra pessoa amada e dizer o quanto se sente bem por estar com ela, não deveria ser centralizado num só dia comemorativo. Aos que não fazem isso, minhas admirações. Aos que fazem, vamos nos ligar, né? Mimar quem você ama/gosta/curte, não necessariamente nessa ordem, deveria ser espontâneo e não ceder às pressões causadas por um dia D. E menos valor ao consumismo... Já que a data existe, deixe-se levar pelo seu lado mais sentimental, faça momentos nostálgicos e curta intensamente com seu amor :)
E aos solteiros, sem pressão. É só encarar o dia como se fosse como qualquer outro, ué. (Apesar dos milhões de coraçõezinhos no ar não te deixarem em paz. Exagerei de novo).

Ah, e feliz dia pro meu namors :) O moreninho lindo da foto lá em cima, ó! s2

3 argumentaram:

Marcela Campos disse...

primeiro, adorei o seu blog. (: sou nova aqui e tava procurando uns blogs pra ler e mostrar o meu, novo.
sobre o texto, concordo muito com você nessa questão do dia dos namorados. qualquer data comemorativa já é desculpa pra comprar, comprar e comprar. na páscoa e no natal, por exemplo, algo maior, Deus, é sempre esquecido. daqui a pouco, no dia dos namorados, até os próprios serão deixados pra trás.

nick disse...

Nesse dia dos namorados, não nos demos nada, mas ficamos juntinhos... depois de 8(!) anos, foi um dos melhores da nossa vida :p

Natália disse...

Dia dos namorados é ótimo pra quem tem um! bj