BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Se arrependimento matasse...

Durma arrependida, mas jamais acorde com vontade. Melhor arrepender-se de algo que fez do que de algo que deixou de fazer. Seja lá a frase clichê que você escolha para definir sua verdade acerca do arrependimento, conto um caso que não se encaixa em nenhuma definição repetitiva. Maldito o dia, o único dia, que briguei com a minha mãe. Por uma causa infundada, um motivo que não valia nada, um ataque súbito de loucura que dominou minha mente. Não queria ter saído do carro cuspindo as palavras mais grossas do mundo, rebaixando a minha razão existencial nos piores patamares existentes. Discuti com ela, justamente porque ela queria meu bem. Paguei de ingrata e o pior – só percebi isso depois. Realmente foi esse o dia que eu queria ter o controle remoto do Click para voltar atrás e jamais ter tomado essa atitude para com a pessoa que me deu o presente mais lindo que já ganhei: a vida. Me arrependo amargamente disso, só disso, por ter decepcionado, ainda que uma única vez, a pessoa por quem mais tenho consideração no mundo. O resto dos meus equívocos guardo como aprendizado, mas jamais como arrependimento – quiçá sem eles jamais teria me tornado quem hoje eu sou.


Post para o Tudo de Blog 2009
Pauta: Qual o seu maior arrependimento?

1 argumentaram:

Vitoria disse...

ooii
tudo bom ?
dps visita o meu blog:
hitmelikearayofsun.blogspot.com
beijãao...