BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

terça-feira, 21 de julho de 2009

Volta, verão!

Em meio a corizas devido a um ataque súbito de rinite alérgica ou resfriado momentâneo, ou os dois, sei lá, venho falar sobre essa maldita estação que só me traz angústias e que só me motiva a ficar debaixo de cinco cobertas o dia todo devorando toneladas de chocolate. Pois então, venho aqui, de uma vez por todas, explicitar a grande aversão que eu tenho para com o inverno. Sim, a neve é, até certo ponto, emocionante; a paisagem preto, branco e cinza é muito digna de elegância, o friozinho da Serra Gaúcha é convidativo para momentos de eterno romance (ainda que eu não me encaixe no último quesito). Porém, caros amigos, não aguento mais acordar já com sono, sair da minha cama quentinha e encarar o vento gelado que mais parece que lhe dar socos quando bate na sua cara. Não aguento parecer um saco de batatas de tão encasacada, não aguento parecer uma moribunda com minhas mãos e pés gelados, não aguento mais me retorcer de tanto bater o queixo. Não aguento ir para a faculdade tendo que me enrolar em cobertas parecendo um urso polar devido ao fato do ar condicionado estar em temperatura ambiente “-43ºC função Patagônia Andes” (http://teletube.wordpress.com), não aguento parecer uma esfomeada necessitando todo o momento de capuccino, nescau quente, cafés diversos, (ain delícia) ENFIM. O frio me deixa melancólica, comilona, compulsiva, angustiada, emburrada, e dominada por todos os adjetivos de tal ordem.

Quando lembro do verão, quase choro de saudades. Poder acordar e tomar um banho geladinho pra começar bem o dia, vestir tecidos leves e sentir-se como tais, sair para a rua e ser recepcionada com um sol maravilhoso que deixa qualquer paisagem coloridamente otimista. E, no fim de tarde, poder caminhar e tomar um sorvete com seus amigos, sem preocupação de se encasacar (leia: “ensacolar”) ou bater o queixo desesperadamente. Poder ir a uma festa sem deixar 587 coisas na chapelaria, namorar à beira do mar, curtir o som de um violão à luz da lua... Poderia ficar o resto do dia, sem sequer hesitar, bajulando a estação da perdição, das novas amizades, da vibração mais do que positiva da praia e da manga curta... Porém preciso acordar pra realidade e engolir o fato de que vai demorar dois meses ou mais para que eu possa sentir calorzinhos constantes, sem me preocupar com doenças invernais e afins. Sinceramente? Não nasci pro frio. Agora me deem licença, vou buscar o 623º café do dia.

13 argumentaram:

Rodrigo disse...

Ela fez esse texto pensando em mim.
Só pra ressaltar.
*__*



em tempo: não gosto do inverno mas não suporto o verão, ok?
OK.

Bia disse...

claro, né, ródi :)
minha inspiração!
haha.
eu amo o verão, como pode ler, e odeio ODEIO OdEiO o inverno! :)

Nadine Rocha. disse...

te indiquei um selo lá no blog.
:*

- Lorenna R. disse...

Eu sou a única que AIINDA TEM VERÃO onde mora? Ás vezes ( só ás vezes ) é bom morar no fim do mundo..
*-*

Te sigo !

Marcel Hartmann disse...

Sempre achei que o inverno é a estação romântica do ano.

Victória disse...

Nossa! O: Como é que vsê pode não gostar do inverno? Com o frio... Há, eu bem que queria! Aqui, em PE, no norderte, é quente, quente, quente...
Nem em dias de chuva você precisa de casaco. Em pleno inverno você dorme com ar-condicionado ligado. Sai na rua de short, vestido, com as pernocas de fora, e morrendo de calor :x Aqui ninguem sabe a sensação de sair da cama quente para uma atmosfera fria. Aqui é sair da cama quente para uma atmosfera mais quente ainda ¬¬' Há, querida! Aproveita o inverno, ç.ç'
Há, e virei sua seguidora, :*

Anônimo disse...

O inverno, frio do jeito que é, traz na alma o calor que vem de dentro; o calor que vem de cima e cai pro lado;se tudo fosse verão, nada seria inverno; todos sabem, que o nada é mais profundo, e o tudo, bem... é simplesmente a coisa em si, aquilo que o sol tem, que o sol busca, que a lua foge...neste romance proibido, quem sai ganhando, quem sai perdendo, somos nós; deixamos de admirar a beleza e viver o momento, só pra morrer no passado, vivendo assim apenas um vôo de uma ave rapina...

Tailany Silva disse...

Também não sou muito familiarizada com o frio. E nesse inverno aqui onde eu moro (Jaboatão-PE) nem tá chovendo tanto assim, mas tá muito, muito frio!

Bolli disse...

Palavras de maior impacto na minha mente subversiva: "bajulando a estação da perdição".
Mas não odeie o inverno tanto assim. O planeta precisa dele pra não SECAR. Dá um pulo no meu blog e leia o post q fiz sobre o frio, mas não se irrite viu? rs

vou te acompanhar aqui ...
BJS!

Holandês. disse...

çlaskdklsad, bia saidai se vaimorre
vei c curt chocolate d+
tm q come mais verduras e
so vegetariano siga meu esemplo
sou fort çalskd

FALANDO SÉRIO AGORA,
gostei do post, realmente odeio o inverno, não pelo frio, mas pela quantidade de roupas que somos obrigados a vestir, parecendo um boneco de neve na rua. |:
desabafei.
bjs bia. kkk

Gabriela disse...

Eu também prefiro o verão, odeio ter que sair toda encasacada, e esse vento cortante,rs. Aqui tá muuito frio, e eu to contando os dias pro verão chegar de novo ;p
bjs

Ketrin Sippel disse...

Oi!
Adorei o seu blog.
Eu tb não gosto muito do inverno.Eu moro no RS e aqui é muito frio.
Amo café, e aproveito para no inverno beber muito e me aquecer.
Abraços e tenha uma ótima semana.

* shine disse...

Parabéns seus post's são muito bons, e esse aqui principalmente!
- haha - também prefiro o verão *-*
beiijo ;@