BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Maldito stress

Stress é, definitivamente, a doença da moda. Já percebeu que, por qualquer coisa, as pessoas se dizem “stressadas”? Se incomodam no trabalho, pronto, tão stressadas. Discutem com o namorado(a)? Não encosta, tá stressada. O cachorro latiu? Stress. A mãe falou mais alto? Iiih, de novo stress. Stress é tudo, é pra tudo. Isso, aquilo e mais um pouco.
Até eu mesma já cometi (e várias vezes) esses pequenos delitos. Pena que pra mim, conforme avaliações médicas (e inacreditáveis, por eu ter apenas 18 anos), eu realmente sofro desse mal. E como!! E o grande problema é que eu guardo tudo para mim... sofro, fico com uma raiva absurda, mas tudo internamente, não deixo externar de maneira nenhuma. E, caros leitores, o que acontece com esse corpo aqui? Ora, fico de mal com minha alma, tão logo fico mal fisicamente. Baixa a imunidade, vem as doenças, alergias e afins. Tudo devido a esse tal do stress - resultado de uma reação que o nosso organismo tem quando estimulado por fatores externos desfavoráveis.
O pior de tudo isso é externar esses sentimentos quando se está sozinho. Chorar, principalmente. Quando estou nesse estado de humor, parecem que as lágrimas rolam no rosto, fervendo, a mil por hora, e parece que nunca vai parar. Aquela sensação é, definitivamente, uma das piores que eu já senti – e sinto constantemente.
Mas ainda pior que tudo isso é descontar nas outras pessoas. Você age por impulso e morre de remorso depois... É difícil controlar, mas acredite, dá pra fazer isso.
Uma coisa que eu aprendi, e que está dando muito certo, para que eu alivie ao menos um pouco desse meu problema, é respirar. Isso, exatamente, tão simples, porém inexplicavelmente eficaz. Respirar fundo, tentar desviar os pensamentos, simplesmente esquecer o que se passou.
Porque se você não esquece, não adianta. A raiva e, consequentemente o stress, só aumentarão.
Portanto, gente, sei que é difícil lidar com esses momentos “entediantes” (e essas pessoas que dá vontade de espancar), mas, sério... Vamos tentar usar menos essa palavra (stress? é! shhhhhh!), respirar fundo 500 vezes se for preciso, mas não se estragar dessa forma.
Porque esses sentimentos ruins, sim, estragam nosso corpo, nossa alma e nossa vida.
Mais respiração e menos stress. Pra você, pra mim e pra todos nós.
(Vou ter que ler esse texto umas 500 vezes também para aprender a me controlar. Fato! Mas, tudo bem, nada melhor que a persistência. E disso, colegas, [sem falsas modéstias], eu tenho de sobra).

10 argumentaram:

Sofia disse...

Gostei do post. E trouxe um convite pra tu ;)

CONVITE
1º aniversário do Pirulito no Palito

A festa tem retrospectiva, selo do blog pra você, entrevista e lay de cara nova!
passa lá e comemore conosco!

Sofia
(http://pirulito-no-palito.blogspot.com/)

Nanda disse...

Isso é verdade...
Hoje ate se vc ficar calado, ta estressado! rsrs!
Maldito mesmo! deviamos abolir de nossas vidas! mas é tão dificil nao ne?!

Ana disse...

gotei do post, pura verdade
estamos sempre inventando desculpas ou procurando alguma coisa para colacar a culpa de nossos problemas.. assim como colocamos nossas adversidades nessa palavra.. stress !
muito bom o blog
parabens
beijos

Gossip e Poisons. disse...

eu adorei a postagem, e é verdade mesmo; todo mundo hoje em dia é extremamente 'estressado'!
tô seguindo! :*

Lolita disse...

O difícil é pra pessoas impacientes! Mas, sei exatamente como é isso.

' Geane Melo disse...

Ishhh...o estresse eh um mal q eu tbm sofro,no entanto tento me controlar,rsrs,pq muitas vzes n adianta msm ficar assim,tentarei seguir a sua receita ^^

Primícia Wanessa. disse...

amor, adorei o seu blog... to te seguindo!
me segue tb? http://neuropink.blogspot.com/

beijos :*

Gabriela S. * disse...

AME O POST.
rs bem legal seu blog LINDO msm.
Gostei de ler
adoraria que passasse no meu
to seguindo
BEIJOS E SUCESSO;

Bia disse...

Vou tentar, sabia que adoro respirar?
ashuausha É a mais pura verdade, a gente se maltrata por causa do stress, é horrivel ficar descontando no povo também.
Xará segue meu (nosso, né? Beatriz. Você vai entender depois) blog?
beatrizgomesdecastro.blogspot.com

Bia disse...

Ain, uahsuahsa, não tem problema, continua sendo uma Bia :)
Segue querida?